Tenho uma empresa pequena. E quem disse que não pode investir em Comunicação?

Tratando-se de possibilidade de ações de comunicação para empresa pequena, há uma infinidade delas a sua disposição através de sua agência.

Além do padrão que você vê circulando aí na rua, você pode precisar de algo diferente, como desenvolver um evento, ajuda em assessoria de imprensa ou da confecção de um simples conjunto de slides bem bolados para encher os olhos na sua próxima apresentação de vendas.

Converse com o seu atendimento.

 

atendimento mad men publicidade

 

Ele tem todas as condições de te ajudar e aconselhar você e sua marca a fazer algo diferente, além de pesquisar bons fornecedores e negociar excelentes condições para você.

Existem muitas pessoas que acreditam que restrição de verba é coisa de anunciante pequeno – ou até mesmo de empresa pequena. Mas deixa eu contar uma coisa para você, a verba é sempre pequena. Na realidade, quanto maior o anunciante, maior o cuidado que ele tem ao investir seus centavos.

Hipoteticamente falando não é porque as Casas Bahia opera com bilhões de reais em comunicação que ela terá disponível, vamos dizer, 100 mil reais para uma determinada ação. Normalmente, grandes anunciantes dividem sua verba em partes de acordo com cada programa de marketing e vendas que pretendem desenvolver.

Então, é comum que uma atividade em particular seja destinada apenas uma pequena quantia que, em hipótese alguma – ou muito dificilmente – será desrespeitada. Se está programado um investimento de R$50.000,00 para a compra de um determinado brinde, por exemplo, provavelmente nenhum centavo a mais será gasto nesta ação.

Por isso, procure planejar seus investimentos não apenas de acordo com o tamanho da sua verba, mas fracionando em razão das atividades mercadológicas que se pretende desenvolver ao longo de um determinado período.

Deve ser em empresa e em empresa pequena.

Quais atividades mercadológicas?

Vai depender do seu ramo de atuação, mas se você está inseguro quanto a isso, aí está uma excelente razão para você trocar ainda mais ideias com a sua agência. Se for das boas, ela te dará todo o suporte no desenvolvimento de um calendário de atividades e respectiva estimativa de aplicação da sua verba.

Mas não esqueça que antes de tudo, você deve se planejar e saber se pode destinar essa verba ou não. Assim você não passa pelo constrangimento clássico de querer abraçar mais do que o seu braço permite.

Discuta a sua verba disponível com o atendimento, ele poderá fazer alguma coisa realmente boa a seu favor. Certos empresários acreditam que informar a verba para a agência é tipo contar o segredo mais importante da empresa.

Parece que tudo é confidencial ao extremo.

Empresários de empresa pequena, aí vai minha dica: Não acredito que seja desta forma.

O atendimento deve participar da determinação da verba (sugestão mais válida para os pequenos anunciantes, os grandes geralmente têm seus modelos de investimento estabelecido há muitos anos, mesmo assim, muitos deles discutem com as agências, as possíveis ações com a verba disponível), do planejamento de aplicação de recursos em função dos períodos de maiores e menores vendas, ataques da concorrência, entre outros.

O principal, sua agência te ajudará a entender o seu público.

Seja transparente!

O atendimento representa o cliente na agência e a agência no cliente. Esconder dele informações é o mesmo que omiti-las ao médico. Depois não vá reclamar daquela dorzinha que não passa.

Vamos lá, hoje a sua verba é pequena, tá difícil, enxuta,  já gastou com tudo e mais um pouco.

E qual o problema disso? Seu objetivo é crescer, não é?

Verba é como uma criança.

verba cliente mad men publicidade anunciante veículo agência

Planeje seu futuro, crie hábitos corretos e saudáveis, deixe ela aberta a experiências, porque nada é padronizado, quando ela estiver grande, terá crescido sem vícios incorrigíveis e só te trará felicidades.

Após tudo isso, se ficou curioso e quer continuar recebendo novidades em seu e-mail; basta assinar nossa newsletter.

By | 2016-11-21T17:01:11+00:00 novembro 18th, 2016|Business, Empreendedorismo, Marketing, Publicidade|1 Comment

About the Author:

Publicitário, Capixaba, que muda tudo por onde passa, ou pelo menos tenta. Blues, Rock e Business.