quinta-feira, setembro 24, 2020
23 °c
Vitoria

Sobre a história da Elemento

Olá, tudo bem? Meu nome é Victor Maia e sou o fundador da Elemento e, por acaso, você já se perguntou:

  • “Consigo melhorar a relevância da minha marca?”
  • “Conteúdo na web me ajuda a construir marcas?”
  • “Consigo me posicionar como referência em meu mercado?”

…então você está no lugar certo.

Digo que você está no lugar certo, com certa arrogância, para te ajudar a entender que sim é possível.

Para ilustrar isso mostrarei algumas imagens, separadas por apenas 6 anos.

A primeira, foi bem no início da minha jornada empreendedora. Lá em 2013, ingênuo, empolgado e despreparado.

Achava que seria fácil, desenhei o plano perfeito. Afinal, ainda jovem havia me destacado no meu mercado (mesmo que localmente). Me juntei aos melhores que eu conhecia na época, mas eu ainda precisava caminhar muito. Mas a mente ambiciosa e ingênua de um jovem calculou tudo de uma forma, digamos, diferente.

Foram anos de alto e baixos. Muito trabalho, abrir mão de muitas coisas e situações.

Em 2015 quase quebrei e fui trabalhar no shopping, vendendo roupas. Uma das experiências mais importantes da minha vida!

Além dos aprendizados sobre vendas nas trincheiras, aprender como quebrar objeções e trabalhar bem a jornada do cliente porta para dentro; fiz ótimos amigos.

Todos esses aprendizados me geraram muito crescimento, a empresa voltou a crescer e em pouco mais de um ano depois estávamos em um lugar muito maior. Com equipe que não parava de crescer. Era um grande salto, risco pensado no futuro!

Mas nos anos a seguir foram de muito trabalho e diversas iniciativas para me preparar ainda mais. Foi então que nas vésperas do carnaval de 2017, enquanto todos se preparavam para ir festejar eu me deparei com uma publicação do Gary Vaynerchuk e tomei uma atitude que mudaria minha vida.

Sobre Elemento | Victor Maia entra para equipe do Gary Vaynerchuk Brazil

Desde então faço parte do Team GaryVee Portuguese, como community manager. E no início de 2019 pude conhecer pessoalmente o GaryVee.

E o feito se repetiu novamente no mês de setembro de 2019, dessa vez eu acompanhei o GaryVee durante uma tarde inteira, ajudando a fazer relacionamento com influencers brasileiros, documentando muito conteúdo para os canais em português. Grande aprendizado!

LEIA A SEGUIR COMO TUDO ISSO GEROU GANHOS REAIS PARA MIM

  • Decisões são sempre difíceis, independente do contexto.

Mas a verdade é que diariamente tomamos decisões que não percebemos o seu impacto em nossas vidas.

As decisões que tomei após ter tomado a decisão de começar empreender me levou não só a perdas, mas também a muitas vitórias.

Em seis anos, consegui:

  • – Mais de 120mil seguidores nos perfis do GaryVee Portuguese;
  • – Crescer o tráfego orgânico em 100% para milhares de visitas mês;
  • – Conteúdo que impacta diversos profissionais, me levando a escrever para o Design Culture;
  • – Mais de 2000 inscritos em nossas listas de email;

Por isso, falarei aqui sobre alguns assuntos:

  • – Empreendedorismo e lifestyle;
  • – Cultura pop e marketing;
  • – Criação que gera engajamento;
  • – Tecnologia;
  • – Viagens;
  • – Moda.

Um pouco da minha história para entender a jornada

Se eu fosse contar a minha história de acordo com minhas origens familiares, com certeza você jamais iria acreditar que me tornaria um empreendedor.

Minha mãe médica e professora universitária federal, meu pai engenheiro.

Quando eu tinha 06 anos, meus pais se divorciaram e com o tempo assumi uma responsabilidade muito grande. Mas isso não era problema, afinal, estávamos nos anos 90 e tudo que eu queria era me divertir.

Minha paixão por criatividade e pelo design surgiu também nessa época e se refletia nos meus passatempos preferidos.

Foi através dos colegas de jogo e coleções que descobri um curso chamado Design, sim o tal Desenho Industrial.

Foi a partir daí e com isso em mente que tracei minha meta de tornar-me um designer, talvez até um ilustrador. Assim então, aos 18 anos ingressei na faculdade.

Mas não posso dizer que após isso foram momentos gratificantes, pelo contrário. O sonho mostrava-se cada vez mais distante, e com vivência no mercado de comunicação, aos poucos o sonho mudou.

Descobri meu potencial para a criação, passei por diversas agências do Espírito Santo; tive contato com um ex-diretor de criação da McCan Eriksson. Sentia que minha carreira poderia evoluir.

Foi então que em Dezembro de 2012, após a formatura na Ufes e largar o emprego, fiz uma viagem de algumas semanas para Nova York e pude ter um contato ainda mais próximo com o empreendedorismo e startups.

Ao voltar para o Brasil tomei minha decisão e iniciei a Elemento. Era um exército de um homem só, mas tive boas parcerias pelo caminho.

Logo em 2013, retomei contato com um antigo parceiro e comecei a dividir um pequeno escritório com a recém-fundada consultoria em e-commerces Market&Share.

Entre 2013 e 2014, muitos projetos em parceria com eles surgiram, no entanto havia um problema no meio do caminho. Esse problema foi o ano de 2015.

Implacável, a crise chegou arrasando e derrubando o faturamento em 70%. Vivi aos trancos e barrancos, colocando cada vez mais a vida pessoal em risco pelo negócio.

Para que não ficasse extremamente comprometido, em dezembro desse ano, fui trabalhar como vendedor de roupas numa loja do maior shopping da cidade.

Foi uma experiência incrível.

Para quem nunca havia trabalhado como vendedor, consegui despontar e descobrir uma nova potencialidade pessoal. Foi passando por aí que identifiquei que o sucesso da minha empresa passaria por vendas.

Nessa época, esse blog já existia e também já era colunista no Design Culture, mas foi após a experiência no varejo que entrei no modo all-in.

Foi assim que em 2016 a coisa mudou de figura, e com muito trabalho duro, muitas horas dedicadas à estudo e muita mão na massa que o faturamento da empresa duplicou; tudo isso num momento de crise.

A partir daí, tudo ficou mais claro.

Mas nem tudo foram flores, após experimentar momentos de crescimento em 2017, 2018 foi necessário um reposicionamento e nesse processo surgiu uma oportunidade irrecusável. Realizar uma fusão e passar a fazer parte da Venture Builder capixaba, a Tegrus.

No entanto, agora em 2020 as coisas mudaram e volto ao mercado atuando como executivo de marketing em um startup e dedicando tempo para escalar esse canal de mídia.

Welcome Back!

Login to your account below

Create New Account!

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.