O surpreendente poder do hábito

Como você controla o seus hábitos?

Essa é uma pergunta que para muitos não faz sentido algum, mas com a experiência que tenho, já pude perceber que faz, sim, diferença.

 

Entender que são através dos hábitos que começamos a construir nossa rotina, é fundamental para entendermos que hábitos são importantes ferramentas para o crescimento pessoal. Muitas vezes nos vemos presos, sentindo que nossas habilidades não se desenvolvem mais, que todos os esforços aparentam, por vezes, serem inúteis. Nessas horas, em que não sabemos como lidar exatamente com a frustração do momento, que devemos explorar o poder dos bons hábitos.

 

Por diversas vezes acreditamos que o sucesso é um local difícil de alcançar e que possui uma série de complexidades que não sabemos como resolver. Aí que nos enganamos. Por diversas vezes, a informação passada por treinadores de atletas de alto desempenho, diretores de criação publicitária e até dos nossos pais demonstram que o sucesso não tem mistério. Ele é simples, basta você ter a percepção necessária para desconstruir esse paradigma e construir o seu sucesso. Essa percepção vem de hábitos e treinos, afinal um hábito é um treino que adquirimos muitas vezes inconscientemente.

 

Pessoas de sucesso possuem hábitos que os outros não cultivam.

Autor desconhecido

 

Através desta afirmativa, percebemos o quanto o sucesso está atrelado ao esforço, à persistência e aos bons hábitos. Nós, seres-humanos, somos uma máquina de hábitos. Existem estudiosos da psicologia que afirmam que 90% dos comportamentos de uma pessoa estão ligadas a habitualidade, rotina. Por exemplo, mentalize sua primeira ação ao acordar, escovar os dentes ou arrumar a cama. Você as realiza, não porque é obrigado, mas porque já está acostumado.

 

No início todo hábito pode ser um pouco doloroso, cansativo e desgastante, mas a tendência é que, conforme evoluímos as dificuldades diminuem e então, o hábito mostra-se eficiente. A analogia é simples, vocês precisar ir treinar de manhã cedo, mas não consegue manter um ritmo, pois a vontade de dormir é maior. Perseverar faz toda a diferença no resultado, e para tanto podemos ter pequenos gatilhos (veja mais sobre isso em Arata Academy) para ação que formará o hábito. No caso do treino matinal, porque não deixarmos o tênis ao lado do pé da cama?!

 

 

Maus hábitos são como uma cama confortável, fácil de entrar, mas difícil de sair.

Provérbio chinês

 

Muitas vezes o lado pecaminoso do ser humano fala mais alto, e ao ver semelhantes colhendo seus resultados, voltamos ao nosso próprio egocentrismo mergulhado em frustrações e invejamos os resultados alheios. Mas então, se refletirmos um pouco, conseguiremos entender e visualizar todos os sacrifícios feitos por essa pessoa para alcançar seus objetivos? Levantar cedo, virar noites, lesões musculares, contas em atraso…enfim, independente dos objetivos os resultados não aparecem de forma fácil. A persistência é a principal forma de chegarmos a algum lugar. No jiu-jitsu temos um ditado que um lutador nunca perde. Ou ele ganha, ou ele aprende. Acredito que devemos carregar essa filosofia para nossas vidas como um todo. A vida não é puramente uma competição, mas se for não é uma corrida de 100m, mas sim uma maratona.

 

Partindo desse princípio, vejo muitos profissionais reclamando de suas condições, mas o que fazem para melhorar? Estão sempre sentados no comodismo?

 

Em 2010 estive no Pixel Show, e tive o prazer de ouvir Bobby Chiu falar um pouco sobre suas experiências profissionais. Uma passagem da palestra nunca mais saiu da minha memória. Chiu afirmou que o cliente mais importante que temos, somos nós. Se não temos trabalho para terceiros na linha de produção, devemos trabalhar para nós mesmos em um nível de dificuldade e exigência duas vezes maior que o comum. Afinal, se não fizermos isso, quando é que iremos desenvolver novas habilidades para utilizá-las como diferencial no mercado?!

 

Nosso cérebro é como um músculo, devemos exercitá-lo

Bobby Chiu

 

 

A lógica é simples, para alcançarmos a maestria devemos nos esforçar e repetir, de novo e de novo. A paciência e persistência sempre foram virtudes de vitoriosos, não devemos desvirtuá-las agora. Na Grécia antiga, já havia indícios do quanto à repetição levava à perfeição. Soldados Espartanos que repetiam exaustivamente seus treinamentos militares durante anos, filósofos atenienses que exercitavam diariamente seus cérebros em argumentações e discussões políticas, enfim, os bons hábitos existentes e falta concorrência para os maus hábitos faziam com que os homens daquela época mantivessem uma vida equilibrada e bem desenvolvida, sendo muitos deles reconhecidos até hoje.

 

 

Nós somos aquilo que fazemos repetidamente.

Aristóteles

 

 

Hábitos positivos podem ser introduzidos tão facilmente quanto os negativos. A chave para o desenvolvimento de hábito é a repetição consistente. Com excesso de frequência, as pessoas tendem a desistir de suas promessas de mudar seus comportamentos muito antes de um novo hábito ser desenvolvido. Mesmo eu não acreditando que haja um prazo determinado para o desenvolvimento de um novo hábito, a maioria da literatura cita entre 3 a 13 semanas como o número mágico. Então, se você quer ficar consistente em um hábito positivo, tente desenvolvê-lo em apenas 21-91 dias, você verá que o hábito poderá mudar a sua vida.

 

 

A natureza dos homens é igual; são seus hábitos que os separam 

Confúcio

 

Seus hábitos atuais entregam o seu estilo de vida atual. Então proponho um rápido exercício, sua missão é fazer um inventário de hábitos que atualmente podem te impedir de alcançar o sucesso que deseja. Pode comentar aqui em baixo. Por exemplo, se você quer se olhar no espelho e enxergar uma pessoa forte e magra como um campeão olímpico, que come direito e funciona de forma consistente. Deve, então, começar a desenvolver esses hábitos, ou você nunca vai chegar lá. Apenas querendo um objetivo e empregar dinheiro não é o suficiente. Você deve desenvolver e implementar certos hábitos para alcançar a grandeza.

 

Para finalizar, deixo-os com essa pequena crônica do Martin Rooney do Training for Warriors.

Cuidado com suas palavras, pois elas se tornam ações.
Assista suas ações, para que se tornem hábitos.
Preste atenção a seus hábitos, pois eles se tornam caráter.
Cuidado com o caráter, pois ele torna-se o seu destino.

 

 

 

By | 2015-04-20T16:04:36+00:00 agosto 6th, 2014|Educação|0 Comments

About the Author:

Business = Hustler, Designer = Hipster. CEO da Agência Elemento, um cara que ama conteúdo, aprendizado e New York City.