O por que ir a eventos de design

Por que ir a eventos de design? Essa é uma pergunta que muitos podem se fazer diariamente.

Primeiro eu penso que qualquer evento, de qualquer área que você esteja inserido, é muito, mas muito interessante. Sabe por que? Porque eles promovem muitas coisas que na correria de do dia-a-dia não conseguimos sempre manter.

Eventos são experiências. Devem ser assim.

Experiências, troca de contatos, ideias e fomentar uma comunidade local; são apenas alguns dos pontos posso citar como importantes para um evento, seja de design ou de qualquer outra área. Como organizador do Behance Portfolio Reviews em Vitória – ES, pude notar o quanto a categoria criativa ainda se vê isolada, desconectada e principal, não representada.

 

 

No caso de um evento como o Behance Portfolio Reviews – um evento com a chancela de evento mundo, apresentado por uma empresa como a própria Behance e da gigante de softwares Adobe – o medo de ter um portfolio avaliado realmente pode ser algo que trave nosso senso de crescimento, a zona de conforto (as vezes) realmente parece ser mais interessante.

Nem sempre o seu senso de crescimento (pessoal e profissional) pode estar aflorado por completo para fazer com que participe de um evento e coloque seu conhecimento a prova.

Bem esse é só um dos eventos de design que ocorrem por aqui.

 

 

Existe uma outra vertente, a dos eventos organizados por estudantes.

Durante os anos que participei da comunidade universitária demorei algum tempo para “quebrar o gesso” em que estava e resolver ir à um evento. Depois do primeiro, não teve jeito, não quis estar fora de nenhum. Foram horas e horas investidas no crescimento do conhecimento.

Foram diversos N, R, S Design. Aprendi coisas que hoje utilizo em minha rotina de trabalho; conheci pessoas que jamais imaginei conhecer e vi trabalhos com a pegada bem diferente da que estava acostumado. Tudo isso tem um valor que não conseguimos perceber num primeiro momento.

Meu primeiro evento foi uma S Design, lá em 2010. Esse evento me inspirou a ir no N Design do mesmo ano. Lembro quando li a primeira vez esse artigo do Renato Faccini: As 101 razões para ir a um encontro de design.

Eventos são uma experiência única

Acho que o principal valor desses eventos é a experiência que proporciona. Networking é algo esperado, principalmente por estarmos em contato constante com pessoas diferentes e com conteúdos que não temos acesso com tanta frequência.

Essa experiência única começa quando resolvemos nos conectar com outros, aprender processos, pegar dicas…enfim, compartilhar conteúdo. Essa é a essência dos eventos e encontros de design.

Após estar em diversos eventos e organizar alguns, digo com muita propriedade; eventos são o canal perfeito para nos conectarmos sem aqueles interesses comerciais descarados que construímos no dia-a-dia. O grande divisor de águas para mim foi quando organizei o primeiro Behance Portfolio Reviews do estado do Espírito Santo.

 

Conhecimento em comunidade

A multiplicidade e conhecimento em comunidade são as características desses eventos; afinal passamos a ter contato com profissionais de diversos locais de nossa cidade, estado, país.

Essa multiplicidade criar uma conexão diferenciada, e as experiências práticas ajudam a retermos o conhecimento, fazendo com que a mão-na-massa seja uma dinâmica constante nesses eventos.

Eventos em geral ajudam na disseminação de conhecimento, entendimento de testes que já foram realizados, estreitamento de laços profissionais e também a interação próxima entre aprendiz e tutor. A riqueza que existe nessa interação pode construir enormes pontes para o sucesso profissional pessoal ou de uma empresa.

 

Prática aliada à teoria

Pensando nesse fator mão-na-massa e contando com a prática aliada a teoria, a S Design 2015 vem com uma proposta diferenciada: “possibilite multiplicidade e multiplique as possibilidades”.

Por se tratar de um evento de caráter académico, científico e cultural com o estudante em foco, a S Design é o ambiente perfeito para você que estuda começar a desenvolver os seus potenciais na área de design. O conteúdo é destinado para ampliar as habilidades na área de criação, o que engloba disciplinas diferentes como arquitetura, artes e publicidade; além claro do design.

O evento vem com uma proposta diferenciada: “possibilite multiplicidade e multiplique as possibilidades”.

O evento, como de costume, é organizado pelos alunos de Design da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo) e já está em sua 7ª edição e esse ano contará com cinco dias de imersão, o conteúdo é planejado para que, através das atividades práticas, palestras, mini-cursos, oficinas, mesas redondas e exposições, seja possível proporcionar um grande espaço de discussões a respeito do design e a área de atuação do designer.

 

Conclusão

Independente da área que o evento se enveredar, seja ela aplicada ao design, à publicidade, à comunicação, ao marketing digital ou ao e-commerce; o importante desse momento é entender que nesses eventos podemos construir laços de extrema qualidade para nosso futuro profissional.

Nesse contexto, quando pensamos num evento que trabalha a experiência como o principal recurso e a entrega de valor principal fica subjugada a isso, o espectador consegue entender com muito mais qualidade o que pode ser ou não relevante para ele a partir dali.

A quais eventos você e/ou sua equipe tem frequentado ultimamente? O que vocês acreditam ser um diferencial forte para eventos? Queremos saber de vocês nos comentários!

By |2016-07-04T11:41:24+00:00novembro 10th, 2015|Design, Educação|1 Comment

About the Author:

Business = Hustler, Designer = Hipster. CEO da Agência Elemento, um cara que ama conteúdo, aprendizado e New York City.