Sabe-se que a tecnologia muda e evolui rapidamente em nossas vidas. Cada vez mais dispositivos móveis como smartphones, laptops, tablets e notebooks tomam conta de cenários que antes jamais imaginava-se que ele seria modernizado com tanta tecnologia. Contudo, essa variedade trouxe um problema para os sites das empresas. Cada tecnologia possui um formato e tamanho de telas diferentes, fazendo com que a experiência na página não seja a mesma que no desktop, por exemplo.

Logo, muitas companhias encontram dificuldades para atender aos seus clientes por não possuírem páginas eletrônicas que suportem os diferentes tamanho das telas dos dispositivos que a acessa. Mas para reverter isso, criou-se dentro do web design o Design Responsivo. E para te contar mais sobre ele e como sua página pode se beneficiar de seus atributos, o post de hoje lista alguns fatores que você precisa saber. Portanto, acompanhe a seguir!

O que é Design Responsivo?

Trata-se de uma técnica de estruturação de HTML e CSS que adapta o site ao browser do usuário sem utilizar diversas folhas de estilos para cada resolução do aparelho.

Como funciona?

Para ser efetivo, o Responsive Web Design utiliza o Media Queries. Em tradução livre, isso significa Consulta de Mídia. São expressões para direcionar o visitante do seu site para uma folha de estilo que esteja de acordo com o dispositivo por ele usado.

Com esses algoritmos, consegue-se também definir o melhor estilo de acordo com o tamanho, proporção, resolução e orientação do aparelho.

Quais são as vantagens?

Podemos citar uma série de benefícios de design responsivo eficiente, que são:

  • Adaptação do layout da página de acordo com a resolução do dispositivo utilizado pelo cliente;
  • Redimensionamento automático das imagens para caber na tela e não sobrecarregar a transferência de dados;
  • Simplificação de elementos da tela para facilitar o acesso aos links do site;
  • Oculta elementos desnecessários em aparelhos menores;
  • Adequação de botões e links para interfaces touch;
  • Utilização de recursos mobile como geolocalização e mudança de orientação do aparelho, ou seja, horizontal ou vertical.

Por que ter Responsive Web Design?

A demanda por dispositivos menores, principalmente smartphones, é maior que a compra de computadores pessoais. Segundo o Relatório Anual de Tecnologia da Informação, divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Brasil, em 2015, foram adquiridos 154 milhões de celulares contra 152 milhões de computadores. Desses 152 milhões, 24 milhões são tablets.

No país, há pelo menos 306 milhões de dispositivos conectados à internet. Ou seja, há 3 aparelhos móveis para cada 2 habitantes no país. Número esse que está acima da média mundial.

Com tal crescimento, é necessário investir em tecnologias de design responsivo. Cada dia surgem novas máquinas, configurações avançadas e telas diferenciadas. Muitas pessoas usam os aparelhos móveis para realizar suas compras virtuais e ter acesso à informação. Logo, é imprescindível sua empresa adaptar às necessidades daqueles que a fazem funcionar e contar com recursos digitais para atender às configurações dos dispositivos utilizados pelo seu cliente.

Com certeza, depois de saber sobre o design responsivo você deve estar cheio de ideias para desenvolver a página eletrônica da sua empresa, não é mesmo? Mas antes de colocar as mãos na massa, que tal aproveitar o espaço nos comentários e nos contar sobre o que achou dessa adaptabilidade de sua página na internet? Compartilhe com a gente sua opinião!